Novo design mineiro

Novo design mineiro

De tempos em tempos o design mineiro se reinventa, sem muito alarde, até tomar o foco de todo cenário nacional. A convite dos designers, o Studio Tertúlia criou este editorial para apresentar a diversidade e a produção artística e intelectual mineira, cheia de peculiaridades. 

Luminária Encano, da Tomada, e cerâmica de Paulo Neves

Em Minas, a paixão tira os projetos do papel. Produtos autorais, assinados pelas próprias mãos, um a um, que ganham, exatamente por este processo, a relevância da exclusividade. A consequência desse fazer independente, livre de amarras, é a construção de um cenário único, cheio de novidades, completamente em acordo com as mais novas tendências. 

Vasos Amorfo e Ita, da Alva Design, em pedra sabão, material tipicamente mineiro
Coleção de Vasos Cangaço, do Estúdio Iludi, feitos de madeira roxinho e latão
Vasos Cangaço e detalhe da Luminária Costureira, de André Ferri

Entre os percursores, os consagrados Máximo Soalheiro, ceramista incomparável, Àle Alvarenga e seu design marcante, Mary Design, com seus objetos poéticos, a Alva Design e sua urbanidade tropical, e o Estúdio Iludi com sua inquietude surpreendente. A jovem guarda, que fomenta e dá corpo ao movimento, passa por nomes como André Ferri, Paulo Neves, Pedro Haruf, Danilo Guerra (da Tomada), Ricardo Rangel e Francisco Machado.

Poltrona Void, do Estúdio Iludi, e Luminária Módulo, da Tomada
Luminária Peso, da Tomada, e Banco Fragmento, de Pedro Haruf

“Não existe um coletivo. Existe um entendimento e uma forma de fazer que é típica de nós mineiros e que acabou, por todas as suas similaridades, ganhando território em um mesmo momento. E como tudo que é espontâneo, verdadeiro, acabou caindo nas graças de muita gente”, afirma Luiz Costa, designer e arquiteto que conduz, com Rodrigo Irffi, o Estúdio Iludi.

Cadeira Foster, de Ricardo Rangel, e Banqueta Três Patas, de Francisco Machado
Maçã de Concreto, do Estúdio Iludi. 
Jarras de cerâmica do Ateliê Máximo Soalheiro
Centro de Mesa, do Estúdio Iludi. 
Esculturas de peroba do campo de Sérgio Machado

Fotos: Tiago Nunes
Direção de Arte: Studio Tertúlia (Anna Lara e Amanda Mendonça)
Agradecimento: Luiz Abreu

PT  |  EN